Unidos, temos voz ativa

Rommel Barionunidos_voz_ativa

Viver em um ambiente articulado, trocar ideias e identificar problemas comuns ao dia a dia organizacional. As parcerias estratégicas são fundamentais para o desenvolvimento da indústria, especialmente diante de um cenário econômico incerto.

Neste sentido, o associativismo torna-se cada vez mais importante na defesa dos interesses dos negócios, uma vez que possibilita às organizações um caminho efetivo para participar do mercado com melhores condições de concorrência.

O apoio das entidades de classe, como a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) – que representa legalmente empresas do setor industrial no estado – é outro ponto fundamental. A Fiep assessora 108 sindicatos empresariais filiados e defende os interesses de 54 mil estabelecimentos industriais, de 32 segmentos.

Só o Sindicato das Indústrias de Cacau e Balas, Massas Alimentícias e Biscoitos, de Doces e Conservas Alimentícias do Paraná (Sincabima) tem em sua base territorial 900 indústrias.

Unidos, temos voz ativa. Por meio dos sindicatos patronais nos aproximamos das classes política, econômica e trabalhadora do estado e do país. Já sozinho, o empresário encontra dificuldades para ser ouvido.

Não é por acaso que os sindicatos empresariais têm conquistado a adesão de indústrias que buscam a troca de experiências e informações sobre a categoria. Ao participar de um sindicato patronal, o empresário consegue manter o diálogo com o sindicato dos trabalhadores, discute assuntos ligados à mão de obra, legislações, entre outras questões, que vão além das causas comuns e da defesa da categoria perante as negociações coletivas de trabalho e dissídio coletivo.

Além disso, a representação jurídica nestas negociações é realizada pelo sindicato patronal, o que dá maior respaldo, diminui custos e oferece uma representatividade efetiva para cada caso. A importância dos termos acordados em convenções coletivas vem sendo reconhecida pelo Governo Federal e Ministério do Trabalho, que deu mais peso e autonomia para este tipo de negociação.

Rommel Barion é presidente do Sindicato das Indústrias de Cacau e Balas, Massas Alimentícias e Biscoitos, de Doces e Conservas Alimentícias do Paraná (Sincabima).

Palavra da Presidente

Certamente este Outubro ficará marcado para muitos – qualquer que seja a mudança, ficará igual ao que é ou ao que já foi. Como vamos lidar com isso é o

Leia mais »

Eventos Agendados

Conheça as Vantagens e associe-se

Associe-se