Nota de Repúdio

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou recentemente o aumento médio de 16% nas tarifas da Copel Distribuição (Copel Dis). Para os consumidores residenciais e de comércio de médio porte, o reajuste será de 15,13%. Já para os industriais e estabelecimentos de grande porte, o acréscimo será de 17,55%.

O Sincabima – Sindicato das Indústrias de Cacau e Balas, Massas Alimentícias e Biscoitos de Doces e Conservas Alimentícias do Paraná – considera abusivo o aumento anunciado pela distribuidora de energia elétrica supracitada, visto que a taxa supera os índices inflacionários calculados pelo IPCA (Indice de Preços ao Consumidor Amplo) para o mesmo período do ano passado. A decisão trará consequências negativas, podendo causar a perda de competitividade internacional, e com isso fragilizar ainda mais a industria nacional. Por se tratar do principal insumo usado pela maioria das empresas, a eletricidade pode representar mais de 40% dos custos de produção, e qualquer alteração tarifária provoca um forte impacto. Vale ressaltar que, desde 2013, a tarifa cobrada do setor subiu cerca de 80%, o que resultou no fechamento de inúmeras fábricas e a migração de outras para países vizinhos.

Palavra da Presidente

O mês de novembro de 2022 iniciou de maneira otimista para o setor de alimentos. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) demonstraram que, após um ciclo de

Leia mais »

Eventos Agendados

Conheça as Vantagens e associe-se

Associe-se